DESTAQUE

As 7 Decorações de Escritorios de Startups Que Voce Precisa Conhecer

03/01/2018

A decoração de escritórios nem sempre foi uma prioridade, mas por volta da década de 1980, empresas passaram a perceber que ela implicava de forma brutal na produtividade e motivação do quadro.

 

Ao final dos anos 1990, as primeiras grandes startups a despontar no mercado digital começaram a usar seus locais de trabalho como imãs de atração de novos talentos e até mesmo uma forma de propagar sua marca.

 

Nos últimos anos, contudo, essa tendência em escritórios de startups chegou ao seu auge. A decoração de escritórios agora é quase tão importante quanto o desenvolvimento do branding – nos ambientes criados por essas empresas inovadoras, podemos encontrar todos os seus valores e mensagens que querem transparecer.

 

Escritórios de startups – LinkedIn

 

 

Os prédios 950 e 1000 da sede do LinkedIn em Sunnyvalle parecem, à primeira vista, apenas um projeto para algum filme de ficção. O estilo industrial foi usado de maneira inteligente, preservando os valores de funcionalidade que encontramos na rede social, mas vendendo igualmente uma visão futurista.

 

Entre pisos e escadas que lembram galpões logísticos, qualquer visitante se sente num ambiente limpo e direto, sem rodeios. Contudo, ao penetrar em alguns corredores, é quase inevitável nos sentirmos à bordo da Enterprise – portas que lembram naves espaciais, poltronas acopladas no ambiente e salas que alternam vidro e metal de um modo quase espacial. Muitos espaços de descompressão estão disponíveis no escritório para que os funcionários aproveitem momentos para relaxar e renovar energia.

 

 

 

Escritórios de startups – Redtail Technology

 

É possível ser minimalista e ao mesmo tempo divertido na decoração de escritórios? E tudo isso sem descambar para o infantil? A Redtail Technology, de soluções de CRM, prova que sim. Em Sacramento, Califórnia, o escritório dessa startup chega ao ponto de “vestir a camisa” em relação ao nome, e permite a entrada de cachorros.

 

 

 

 

O ambiente é defitivamente minimalista, com funcionalidade e emprego de cores primárias ou lisas – tudo sem criar um salão de festas, mas sim uma sede respeitável, porém relaxada e até mesmo, em alguns segmentos, sensual.

 

 

Escritórios de startups – Google

 

Difícil falar em decoração de escritórios sem mencionar o Google. Muitos já viram diversos escritórios da empresa e a forma com que são ousados. Entretanto, o escritório da empresa em Budapeste talvez seja ainda mais ousado do que todos os outros dessa empresa hi-tech.
 

Nossos pais adorariam que seus antigos e sisudos escritórios fossem, na verdade, clubes. Bem, o Google o fez: o escritório da empresa na capital húngara tem ambientes que lembram vestiários de clubes, saunas (que não são saunas), quadras poliesportivas e até mesmo um night club. Sim, tudo no mesmo lugar.

 

 

 Quer fazer um tour no escritório do google? Tenta esse video aqui:

 

 

 

Escritórios de startups – Property 24

 

Não é só na Europa e nos EUA – o escritório da moderna Property24, uma startup sul-africana no segmento imobiliário, é tudo que não esperamos ver em uma imobiliária.

 

 

 

A empresa resolveu apropriar-se de elementos que certamente têm relação com o mercado de “real estate”, principalmente da parte exterior de residências, e colocá-los todos dentro de seu escritório. Quer melhor? Tudo em cores primárias fortes – azul, vermelho e amarelo.

 

O resultado, que facilmente descambaria para uma “casa maluca”, na verdade deu origem a uma atmosfera agradável, espaçosa e divertida, mas ainda assim extremamente profissional.

 

Escritórios de startups – WeWork

 

Difícil usar madeira como ponto de destaque e até recair no estilo rústico em uma startup, certo? Errado. O espaço da WeWork em Manhattan foi ousado -  e deu certo. Uma visão nova e sofisticada dos antigos “clubes para homens” de meados do século XX deu origem a um ambiente que quebra todo o árido cenário de vidro e metal da cidade mais rica do mundo.

 

 

 

 

A madeira está em todo lugar, mas não houve limitações – embora pisos e paredes amadeiradas sejam limpas e geométricas, o espaço incluiu elementos modernos, étnicos, country e mesmo kitsch, sem perder a sofisticação (um desafio).

 

Escritórios de startups – IdeasLab

 

Já falamos que o estilo industrial está em alta no segmento de decoração de escritórios, assim como elementos futuristas. Mas a IdeasLab levou a coisa realmente a sério. A impressão que temos ao entrar no escritório da empresa em Xangai é uma só: estarmos em

uma fábrica futurista, dentro de um desenho animado.

 

 

 

Em meio a muito branco, preto e cinza, estruturas cilíndricas e tubulares que lembram tanques de empresas de gases industriais, a empresa conseguiu encontrar sofisticação e até mesmo um leve toque feminino no uso do salmão e na escada caracol – uma quebra total no ambiente ficcional.

 

 

 

Escritórios de startups – Bucketfeet

 

A sede da Buckefeet em Chicago traz uma mensagem muita clara em relação ao grafite: o lugar dele é da porta para dentro. Funcional, a decoração de escritórios para essa startup esteve totalmente baseada naquilo que os colaboradores viam nas ruas e agora vêem em seu espaço de trabalho.

 

 

 

 

Com tantas tendências e correntes mudando a forma como vemos o espaço de trabalho, talvez seja a hora de pensar na decoração de escritórios como forma de reforçar a marca e a cultura de sua empresa – e, nesse caso, a Arquilego pode ajudar.

 

 

Please reload

Como Fazer Uma Lista de Decoraçāo Perfeita Para Sua Casa

16.01.2019

1/10
Please reload

RECENTES
Please reload

TAGS
Please reload